Gilberto Kassab cria mais 7 conselhos tutelares por decreto.

Diário Oficial da Cidade de São Paulo, 30/03/2011, página 1.

DECRETO Nº 52.218, DE 29 DE MARÇO DE 2011
Cria os Conselhos Tutelares de Bela Vista, Brasilândia, Cangaíba, Grajaú II, Parque São Rafael, Pedreira e Rio Pequeno/Raposo
Tavares e reorganiza os demais Conselhos Tutelares no Município de São Paulo; revoga os Decretos nº 43.045, de 2 de abril
de 2003, e nº 49.228, de 18 de fevereiro de 2008.
GILBERTO KASSAB, Prefeito do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,
CONSIDERANDO a necessidade de criação dos Conselhos Tutelares de Bela Vista, Brasilândia, Cangaíba, Grajaú II, Parque São Rafael, Pedreira e Rio Pequeno/Raposo Tavares, a fim de atender à demanda local, medida que encontra amparo no § 1º do artigo 9º da Lei nº 11.123, de 22 de novembro de 1991, o qual prevê a possibilidade de aumento do número de Conselhos
Tutelares;
CONSIDERANDO, ainda, a necessidade de reorganizar os demais Conselhos Tutelares, readequando a competência territorial e a denominação de parte desses órgãos,
D E C R E T A:
Art. 1º. Ficam criados os Conselhos Tutelares de Bela Vista, Brasilândia, Cangaíba, Grajaú II, Parque São Rafael, Pedreira e
Rio Pequeno/Raposo Tavares, com fundamento no disposto no § 1º do artigo 9º da Lei nº 11.123, de 22 de novembro de 1991.
Art. 2º. Os atuais 37 (trinta e sete) Conselhos Tutelares criados no Município de São Paulo nos termos da Lei nº 11.123, de
1991, e previstos no Decreto nº 49.228, de 18 de fevereiro de 2008, ficam reorganizados na forma prevista neste decreto.
Art. 3º. Os Conselhos Tutelares a que se referem os artigos 1º e 2º deste decreto são os seguintes:
I – Conselho Tutelar de Freguesia do Ó;
II – Conselho Tutelar de Casa Verde e Cachoeirinha;
III – Conselho Tutelar de São Miguel;
IV – Conselho Tutelar de Itaim Paulista e Vila Curuçá;
V – Conselho Tutelar de Aricanduva e Vila Formosa;
VI – Conselho Tutelar de Jardim Helena;
VII – Conselho Tutelar de Perus;
VIII – Conselho Tutelar de Pirituba;
IX – Conselho Tutelar de Santana;
X – Conselho Tutelar de Jaçanã;
XI – Conselho Tutelar de Vila Maria e Vila Guilherme;
XII – Conselho Tutelar da Lapa;
XIII – Conselho Tutelar da Sé;
XIV – Conselho Tutelar do Butantã;
XV – Conselho Tutelar de Pinheiros;
XVI – Conselho Tutelar de Vila Mariana;
XVII – Conselho Tutelar do Ipiranga;
XVIII – Conselho Tutelar de Santo Amaro;
XIX – Conselho Tutelar de Jabaquara;
XX – Conselho Tutelar de Cidade Ademar;
XXI – Conselho Tutelar de Campo Limpo;
XXII – Conselho Tutelar de M’Boi Mirim;
XXIII – Conselho Tutelar de Capela do Socorro;
XXIV – Conselho Tutelar de Parelheiros;
XXV – Conselho Tutelar da Penha;
XXVI – Conselho Tutelar de Ermelino Matarazzo;
XXVII – Conselho Tutelar da Mooca;
XXVIII – Conselho Tutelar de Itaquera;
XXIX – Conselho Tutelar de Guaianases;
XXX – Conselho Tutelar de Lajeado;
XXXI – Conselho Tutelar de Sapopemba;
XXXII – Conselho Tutelar de Vila Prudente;
XXXIII – Conselho Tutelar de São Mateus;
XXXIV – Conselho Tutelar de Cidade Tiradentes;
XXXV – Conselho Tutelar de José Bonifácio;
XXXVI – Conselho Tutelar do Jardim São Luiz;
XXXVII – Conselho Tutelar de Bela Vista;
XXXVIII – Conselho Tutelar de Brasilândia;
XXXIX – Conselho Tutelar de Cangaíba;
XL – Conselho Tutelar de Grajaú I;
XLI – Conselho Tutelar de Grajaú II;
XLII – Conselho Tutelar do Parque São Rafael;
XLIII – Conselho Tutelar de Pedreira;
XLIV – Conselho Tutelar do Rio Pequeno/Raposo Tavares.
§ 1º. A atuação dos 44 (quarenta e quatro) Conselhos Tutelares
ora reorganizados restringe-se ao âmbito territorial delimitado
pelas divisas dos distritos administrativos, conforme constante
do Anexo I integrante deste decreto.
§ 2º. Para os fins de reorganização do Conselho Tutelar de Grajaú, ora designado Conselho Tutelar de Grajaú I, bem como de criação
do Conselho Tutelar de Grajaú II, mantidos os limites especificados no Anexo I da Lei nº 11.220, de 20 de maio de 1992, o
Distrito do Grajaú fica subdividido em dois segmentos, de acordo com a linha divisória, tendo como referência o sentido centrobairro,
que assim se descreve: inicia na R. Giuseppe Piermarini, segue na direção sudeste, virando à esquerda na R. Giuseppe
Tartini; vira a segunda à direta na Av. Antônio Carlos Benjamim dos Santos, virando à esquerda na Av. Cristóvão Caresana e nela
à direta na R. Cornélio Dopper; curva acentuada à direta na Av. Felipe Ivaldi, seguindo até o final, margeando o muro da Viação
Cidade Dutra, que se situa em via sem denominação, até o encontro com a R. Elisia Gonçalves Barcelos em direção à R. Bento
de Assis Marques, seguindo a primeira à direta na Av. Da. Belmira Marin, nela virando a primeira à direta na R. São Caetano do Sul;
curva suave à direta na R. Alziro Pinheiro Magalhães, virando à esquerda na R. Maj. Lúcio Dias Ramos, nela virando à direta na
Estrada do Barro Branco e a primeira à esquerda para alcançar a R. Três Corações; segue até a primeira à direta em rua sem denominação, nela entrando; segue até o final, onde há o encontro com área verde, margeando a Represa Billings.
§ 3º. Considerando a linha divisória a que se refere o § 2º deste artigo, o lado esquerdo corresponderá ao Conselho Tutelar de
Grajaú I e o lado direito ao Conselho Tutelar de Grajaú II.
Art. 4º. Compete às Subprefeituras a responsabilidade pelos encargos necessários ao pleno funcionamento dos Conselhos
Tutelares, garantindo-se sua estrutura administrativa, inclusive recursos humanos, materiais e financeiros, na conformidade do
Anexo II integrante deste decreto.
Art. 5º. As alterações estabelecidas neste decreto serão implementadas a partir da data da próxima eleição dos novos
Conselheiros Tutelares.
Art. 6º. As despesas decorrentes da execução deste decreto correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas
se necessário.
Art. 7º. Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir das próximas eleições dos
Conselheiros Tutelares.
Art. 8º. Ficam revogados os Decretos nº 43.045, de 2 de abril de
2003, e nº 49.228, de 18 de fevereiro de 2008.
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, aos 29 de março
de 2011, 458º da fundação de São Paulo.
GILBERTO KASSAB, PREFEITO
MAURO RICARDO MACHADO COSTA, Secretário Municipal de Finanças
RONALDO SOUZA CAMARGO, Secretário Municipal de Coordenação das Subprefeituras
RUBENS CHAMMAS, Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão
FRANCISCO ITÁLICO BUONAFINA, Secretário Municipal de Participação e Parceria
NELSON HERVEY COSTA, Secretário do Governo Municipal
Publicado na Secretaria do Governo Municipal, em 29 de março de 2011.

Anexo I integrante do Decreto nº 52.218, de 29 de março de 2011
Conselhos Tutelares da Cidade de São Paulo:
(Distritos – População)
I – Conselho Tutelar de Freguesia do Ó:
Freguesia do Ó 151.821
II – Conselho Tutelar de Casa Verde e Cachoeirinha:
Casa Verde 86.796
Cachoeirinha 163.300
Limão 87.139
III – Conselho Tutelar de São Miguel:
São Miguel 108.922
Vila Jacuí 153.006
IV – Conselho Tutelar de Itaim Paulista e Vila Curuçá:
Itaim Paulista 239.357
Vila Curuçá 161.573
V – Conselho Tutelar de Aricanduva e Vila Formosa:
Aricanduva 98.828
Vila Formosa 95.322
Vila Carrão 78.274
VI – Conselho Tutelar de Jardim Helena:
Jardim Helena 156.545
VII – Conselho Tutelar de Perus:
Perus 80.372
Anhanguera 43.531
VIII – Conselho Tutelar de Pirituba:
Pirituba 172.116
Jaraguá 165.425
São Domingos 87.499
IX – Conselho Tutelar de Santana:
Santana 124.194
Mandaqui 107.987
Tucuruvi 99.168
X – Conselho Tutelar de Jaçanã:
Jaçanã 97.399
Tremembé 179.425
XI – Conselho Tutelar de Vila Maria e Vila Guilherme:
Vila Maria 123.010
Vila Guilherme 51.463
Vila Medeiros 146.633
XII – Conselho Tutelar da Lapa:
Lapa 58.661
Vila Leopoldina 27.695
Jaguaré 46.520
Barra Funda 12.905
Perdizes 101.537
Jaguara 26.309
XIII – Conselho Tutelar da Sé:
Sé 22.574
República 49.469
Bom Retiro 28.822
Santa Cecília 72.096
XIV – Conselho Tutelar do Butantã:
Butantã 54.044
Vila Sônia 95.923
Morumbi 40.668
XV – Conselho Tutelar de Pinheiros:
Pinheiros 61.853
Alto de Pinheiros 43.520
Itaim Bibi 80.864
Jardim Paulista 81.412
XVI – Conselho Tutelar de Vila Mariana:
Vila Mariana 121.332
Saúde 119.456
Moema 71.342
XVII – Conselho Tutelar do Ipiranga:
Ipiranga 100.571
Cursino 104.754
Sacomã 244.572
XVIII – Conselho Tutelar de Santo Amaro:
Santo Amaro 60.256
Campo Grande 95.499
Campo Belo 67.021
XIX – Conselho Tutelar de Jabaquara:
Jabaquara 228.321
XX – Conselho Tutelar de Cidade Ademar:
Cidade Ademar 273.933
XXI – Conselho Tutelar de Campo Limpo:
Campo Limpo 213.475
Capão Redondo 270.283
Vila Andrade 85.451
XXII – Conselho Tutelar de M’Boi Mirim:
Jardim Ângela 283.987
XXIII – Conselho Tutelar de Capela do Socorro:
Socorro 40.216
Cidade Dutra 211.332
XXIV – Conselho Tutelar de Parelheiros:
Parelheiros 121.322
Marsilac 8.845
XXV – Conselho Tutelar da Penha:
Penha 126.673
Vila Matilde 105.330
Arthur Alvim 117.556
XXVI – Conselho Tutelar de Ermelino Matarazzo:
Ermelino Matarazzo 118.153
Ponte Rasa 102.714
XXVII – Conselho Tutelar da Mooca:
Mooca 61.855
Belém 41.180
Tatuapé 78.785
Água Rasa 85.681
Pari 15.634
Brás 28.009
XXVIII – Conselho Tutelar de Itaquera:
Itaquera 220.842
Cidade Líder 127.807
XXIX – Conselho Tutelar de Guaianases:
Guaianases 113.057
XXX – Conselho Tutelar de Lajeado:
Lajeado 175.875
XXXI – Conselho Tutelar de Sapopemba:
Sapopemba 305.226
XXXII – Conselho Tutelar de Vila Prudente:
Vila Prudente 103.621
São Lucas 143.744
XXXIII – Conselho Tutelar de São Mateus:
São Mateus 170.456
Iguatemi 115.791
XXXIV – Conselho Tutelar de Cidade Tiradentes:
Cidade Tiradentes 212.196
XXXV – Conselho Tutelar de José Bonifácio:
Parque do Carmo 71.111
José Bonifácio 114.518
XXXVI – Conselho Tutelar do Jardim São Luiz:
Jardim São Luiz 269.621
XXXVII – Conselho Tutelar de Bela Vista:
Bela Vista 64.359
Consolação 52.806
Liberdade 64.270
Cambuci 29.306
XXXVIII – Conselho Tutelar de Brasilândia:
Brasilândia 284.903
XXXIX – Conselho Tutelar de Cangaíba:
Cangaíba 147.384
XL – Conselho Tutelar de Grajaú I:
Grajaú: 200.000
XLI – Conselho Tutelar de Grajaú II:
Grajaú: 183.869
XLII – Conselho Tutelar do Parque São Rafael:
São Rafael 136.621
XLIII – Conselho Tutelar de Pedreira:
Pedreira 140.460
XLIV – Conselho Tutelar do Rio Pequeno/Raposo Tavares:
Rio Pequeno 125.395
Raposo Tavares 103.612
Anexo II integrante do Decreto nº 52.218, de 29 de março de 2011
Divisão Territorial
Subprefeituras – Conselhos Tutelares da Cidade de São Paulo:
I – Subprefeitura de Perus:
Conselho Tutelar de Perus
II – Subprefeitura de Pirituba/Jaraguá:
Conselho Tutelar de Pirituba
III – Subprefeitura de Santana/Tucuruvi:
Conselho Tutelar de Santana
IV – Subprefeitura de Jaçanã/Tremembé:
Conselho Tutelar de Jaçanã
V – Subprefeitura de Vila Maria/Vila Guilherme:
Conselho Tutelar de Vila Maria e Vila Guilherme
VI – Subprefeitura de Freguesia/Brasilândia:
1. Conselho Tutelar de Freguesia do Ó
2. Conselho Tutelar de Brasilândia
VII – Subprefeitura de Casa Verde/Cachoeirinha:
Conselho Tutelar de Casa Verde e Cachoeirinha
VIII – Subprefeitura da Lapa:
Conselho Tutelar da Lapa
IX – Subprefeitura do Butantã:
1. Conselho Tutelar do Butantã
2. Conselho Tutelar do Rio Pequeno/Raposo Tavares
X – Subprefeitura de Pinheiros:
Conselho Tutelar de Pinheiros
XI – Subprefeitura da Sé:
1. Conselho Tutelar da Sé
2. Conselho Tutelar de Bela Vista
XII – Subprefeitura da Mooca:
Conselho Tutelar da Mooca
XIII – Subprefeitura de Vila Prudente/Sapopemba:
1. Conselho Tutelar de Vila Prudente
2. Conselho Tutelar de Sapopemba
XIV – Subprefeitura de Vila Mariana:
Conselho Tutelar de Vila Mariana
XV – Subprefeitura do Ipiranga:
Conselho Tutelar do Ipiranga
XVI – Subprefeitura do Jabaquara:
Conselho Tutelar do Jabaquara
XVII – Subprefeitura de Santo Amaro:
Conselho Tutelar de Santo Amaro
XVIII – Subprefeitura de Campo Limpo:
Conselho Tutelar de Campo Limpo
XIX – Subprefeitura de Cidade Ademar:
1. Conselho Tutelar de Cidade Ademar
2. Conselho Tutelar de Pedreira
XX – Subprefeitura de M´Boi Mirim:
1. Conselho Tutelar de M’Boi Mirim
2. Conselho Tutelar do Jardim São Luiz
XXI – Subprefeitura de Capela do Socorro:
1. Conselho Tutelar de Capela do Socorro
2. Conselho Tutelar de Grajaú I
3. Conselho Tutelar de Grajaú II
XXII – Subprefeitura de Parelheiros:
Conselho Tutelar de Parelheiros
XXIII – Subprefeitura de São Mateus:
1. Conselho Tutelar de São Mateus
2. Conselho Tutelar do Parque São Rafael
XXIV – Subprefeitura da Penha:
1. Conselho Tutelar da Penha
2. Conselho Tutelar de Cangaíba
XXV – Subprefeitura de Cidade Tiradentes:
Conselho Tutelar de Cidade Tiradentes
XXVI – Subprefeitura de Ermelino Matarazzo:
Conselho Tutelar de Ermelino Matarazzo
XXVII – Subprefeitura de Guaianases:
1. Conselho Tutelar de Guaianases
2. Conselho Tutelar de Lajeado
XXVIII – Subprefeitura de Itaquera:
1. Conselho Tutelar de Itaquera
2. Conselho Tutelar de José Bonifácio
XXIX – Subprefeitura de Itaim Paulista:
Conselho Tutelar de Itaim Paulista e Vila Curuçá
XXX – Subprefeitura de São Miguel:
1. Conselho Tutelar de São Miguel
2. Conselho Tutelar do Jardim Helena
XXXI – Subprefeitura de Aricanduva/Formosa/Carrão:
Conselho Tutelar de Aricanduva e Vila Formosa

Anúncios

Gremio SER Sudeste na Assembleia Popular – 23/03/2011.

Assista ao Programa Assembleia Popular, hoje, das 20h-21h, na TV Legislativa ou na internet.

Nota das escolas municipais
Mauro Alves da Silva, do Grêmio Ser Sudeste, chamando o secretário municipal da Educação de Pinóquio, disse que ele mente ao dar nota 8 para as escolas municipais.

[O Grêmio também falou do caso do Rafa, da Educação Especial.]

***

Nova legislatura
José Leonel Aguiar, da Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo, reclamou do tom empregado pela imprensa na cobertura da instalação dos trabalhos da Assembleia Legislativa.

Marquês de Maricá
Alexis Pomerantzeff, da Nação Linguística Portuguesa, lamentou o desconhecimento geral sobre a vida e a obra do Marquês de Maricá, no seu dizer, o maior filósofo do Brasil.

Visão classista
José Roberto Alves da Silva, do Instituto Zero, discordou da visão classista e elitista que disse ver nas decisões do Poder Judiciário no País.

O papel dos partidos
Silvio Luiz Del Giudice, do Instituto Zero, discutiu o papel dos partidos políticos na conquista da inclusão social do povo deste país.

Rodoanel e o meio ambiente
Segundo Gilberto Álvares, diretor do cursinho da Poli, o governo do Estado não consulta a população a respeito da construção do trecho norte do Rodoanel paulista.

Nota das escolas municipais
Mauro Alves da Silva, do Grêmio Ser Sudeste, chamando o secretário municipal da Educação de Pinóquio, disse que ele mente ao dar nota 8 para as escolas municipais.

Transporte ruim
O representante da Associação Vanguarda Moradores do Jardim Icaraí, José das Mercês de Freitas, classificou o transporte público
como “terrível”. A principal queixa ficou por conta da superlotação.

Ronda escolar
Cremilda Estella Teixeira, cidadã, reclamou da criação da ronda escolar para resolver os problemas de disciplina nas escolas, ato que colocaria o aluno na posição de criminoso.

Alternativas de transporte
Josanias Castanha Braga, do Movimento Social Capela do Socorro e Parelheiros, comunicou a realização, em 26/3, de seminário sobre transporte e trânsito, para discutir alternativas de transporte para a região.

Recursos desviados
Merice Andrade Quadros, da ONG Embu Guaçu em Ação, leu notícia sobre desvios de recursos da saúde no Estado.

***

O Programa Assembleia Popular é gravado todas as quartas na Assembleia Legislativa de São Paulo. Um resumo é publicado no Diário Oficial da Assembleia Legislativa de SP. E o programa é transmitido pela TV a cabo NET (canal 13) e pela TVA (canal 66) aos sábados, das 20h às 21h. O programa Assembleia Popular também pode ser assistido neste mesmo horário pela internet no seguinte endereço:

http://wwi.al.sp.gov.br/web/altv/alesp.asx

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81…

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81...

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 porr 1,81...

Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81…Grande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 porr 1,81…Quem é que faz o controle social sobre as escolas públicas?Será a Folha de São Paulo? Aquela que tem contratos milionários com o governo de SP e vende seus jornais para as escolinhas públicas de SP?Será a poderosa TV Globo? Aquela que recebe gordas verbas publicitárias do Governo de SP? E que também teve um terreno público “doado” para ela formar seus funcionários?Será o sindicato das diretoras? Aquele sindicato que disse que “não interessa o que diz a lei… criança sem uniforme não entra na escola”?Será o sindicato das professorinhas? Aquele sindicato que faz greve para exigir a efetivação dos professores nota zero?Será o aquele promotor que quer rebaixar a idade penal e colocar nossas crianças nas cadeias?Será aquele juiz que só ouve as professorinhas e mantém um blog defendendo o uso de vara nas crianças?

viaGrande Liquidação de Verão: escolinhas de 1,99 por 1,81….

SPTV: Tio Chico e Mortícia não fizeram a lição de casa.


Mais uma vez a TV Globo e o telejornal SPTV demonstraram toda a sua ignorância sobre a questão educacional.
Pior mesmo foi os jornalistas “Tio Chico” [Pinheiro] e [Monalisa] Mortícia engolirem uma pesquisa fajuta feita pela Secretaria Municipal de Educação de S. Paulo -SME, pesquisa feita para livrar a cara das escolinhas, das professorinhas e da própria Secretaria que enganam nossos alunos diariamente nas escolas públicas municipais da Cidade de São Paulo-SP.
Se “os pais” dão nota 8 para as professoras e nota 8 para as escolinhas; e as professorinhas estão com alta auto-estima, significa que não precisa mudar nada, né?

Na reportagem do telejornal SPTV, da Rede Globo, o Tio Chico já começa responsabilizando os alunos pelo fracasso das escolas. Tio Chico cobra dos alunos a “lição de casa”…
A telejornalista [Monalisa] Mortícia inicia sua fala sobre a pesquisa: “apenas 40 de cada 100 alunos das escolas da capital fazem o dever de casa diariamente… Somente então o autodenomindo Tio Chico comenta: “isso quando tem dever de casa… só um terço das escolas mandam lição todos os dias”…

O Tio Chico e a Mortícia sabem o que é lição de casa?
A “lição de casa” deve servir para o aluno reforçar o que foi ensinado e aprendido na escola.

SPTV: Tio Chico e Mortícia não fizeram a lição de casa..

Assembleia Popular agora faz parte do Regimento Interno a Assembleia Legislativa de SP.

Parabéns aos deputados estaduais de SP.
A Assembleia Popular faz parte do Regimento Interno a Assembleia Legislativa de SP desde 4 de março de 2011:
XV – Fica incluído o artigo 286-A, com a seguinte redação:
“Artigo 286-A – O programa Assembleia Popular, criado pela Resolução nº 839, de 2004, realizado semanalmente, salvo nos períodos de recesso parlamentar, será transmitido pela TV Assembleia.” (NR)

(RESOLUÇÃO Nº 869, DE 4 DE MARÇO DE 2011 – Consolidação do Regimento Interno da Assembei Legislativa do Estado de São Paulo – publicado no Diário do Legislativo de SP de 05/03/2011, e republicado em 15/03/2011, páginas 6 e 7).

A Assembleia Popular é uma tribuna livre, onde os cidadão podem falar o que quiser; e sua mensagem é gravada pela TV Legislativa (canal 13 da NET, 66 da TVA, e também via satélite); e transmitida por essa mesma TV aos sábados, ás 20h (horário nobre da TV no Brasil). O progrma Assembléia Popular também é trasmitido via internet neste mesmo dia e horário.

***
O Programa Assembleia Popular é gravado todas as quartas na Assembleia Legislativa de São Paulo. qualquer cidadão pode participar. Basta comparecer no local e inscrever-se entre 11h15 e 11h45. A gravação é feita das 12h às 13h. Um resumo do programa Assembleia Popular é publicado no Diário Oficial da Assembleia Legislativa de SP.
A TV Legislativa de SP transmite o Programa Assembleia Popular pela TV a cabo NET (canal 13) e pela TVA (canal 66) aos sábados, agora das 20h às 21h. O programa Assembleia Popular também pode ser assistido neste mesmo horário pela internet no seguinte endereço:
http://wwi.al.sp.gov.br/web/altv/alesp.asx

Alexandre Pinóquio Schneider contando piadas de tuc… papagaios!

Alexandre Pinóquio Schneider contando piadas de tuc… papagaios:
Secretário disse: as escolas municipais de S. Paulo merecem nota 8.

Resultados IDEB:
2005 – nota = 4,1
2007 – nota = 4,3
2009 – nota = 4,7
A prefeitura de S. Paulo tem um pacto sinistro com os professores e não divulga a nota da Prova S. Paulo!

Guilherme Renan – Batukinha 2003 – Parte 1.


Guilherme Renan (11 anos)
Orinoco Flow
Batukinha 2003
Categoria:

Você também pode assitir ao vídeo aqui:
http://www.4shared.com/embed/537346140/e68bf8b3

%d blogueiros gostam disto: